Gil Vicente

Gil Vicente Vasconcelos de Oliveira (Recife, Pernambuco, 1958). Pintor, desenhista, gravador, fotógrafo e escultor. Inicia os estudos na Escolinha de Artes do Recife em 1972 e, a partir de 1974, frequenta os ateliês da Universidade Federal de Pernambuco (Ufpe). Em 1975, recebe prêmio do Salão dos Novos do Museu de Arte Contemporânea de Olinda, Pernambuco. Dedica-se às artes plásticas depois de terminar o ensino médio. Em 1978, faz a primeira individual, Pinturas, Desenhos e Gravuras, na Galeria Abelardo Rodrigues, Recife. Nesse ano, participa da fundação da Oficina Guaianases de Gravura. Ganha uma bolsa do governo francês e estuda em Paris, de 1980 a 1981. Em 1984, expõe no 15º Panorama da Arte Atual Brasileira, do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP). Em 1989, em Recife, participa do Ateliê Coletivo, onde faz xilogravuras sob orientação de Gilvan Samico (1928-2013). O documentário Gil Vicente – Ofício e Silêncio é lançado juntamente com a exposição Figuras/Pinturas, em 1996, na Galeria Futuro 25, Recife. Desde então, suas individuais circulam por várias cidades do Brasil. Em 2001, participa da 3ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul, em Porto Alegre e, no ano seguinte, da 25ª Bienal Internacional de São Paulo.